• terça-feira, 21 de agosto de 2018
  • 14:40 Icone do tempo--ºC / --ºC

Esporte / Copa do Mundo

14/6/2018 às 07h43

Rússia é candidata a vexame? Veja como foram os anfitriões nas Copas

A Rússia encara a Arábia Saudita na abertura da Copa do Mundo sob muita desconfiança. O jogo  acontece às 12h de hoje, 14, no estádio Luzhniki, em Moscou. A seleção, herdeira dos resultados da antiga União Soviética quarta colocada em 66, não venceu nenhum dos últimos sete amistosos que disputou - o último triunfo foi diante da Coreia do Sul, (4 x 2) em outubro do ano passado. O país está na 70ª colocação do ranking da Fifa, a pior entre os 32 participantes do Mundial . Na Copa das Confederações, espécie de ensaio para o torneio, caiu na primeira fase com derrotas para México e Portugal, vencendo apenas a frágil Nova Zelândia.

O subproduto de tantos dados ruins é o alarme de que os russos repitam a África do Sul, que em 2010 foi a única seleção anfitriã em 20 edições a ter sido eliminada ainda na primeira fase. Excetuando-se a Espanha, em 82, os Estados Unidos, em 94, e o Japão, em 2002, todos os países-sedes ficaram entre os oito primeiros colocados.

O tom áspero da imprensa local diante dos péssimos resultados levou o atacante Artem Dyuba a emitir um clamor de apoio e união em torno da seleção local:

“Gostaria de pedir a vocês, os jornalistas, que nos apoiem. O Mundial ainda não começou e já estão atuando de maneira agressiva. Deixem que termine o torneio para tirar conclusões.”

 

DRIBLARAM' O VEXAME -  México, duas vezes, e Estados Unidos superaram as expectativas quando sediaram a competição. Os mexicanos chegaram às quartas de final em 70 e 86, até hoje os dois melhores desempenhos da equipe. Em ambos, a eliminação se deu para os futuros vice-campeões - Itália e Alemanha. Já os estadunidenses surpreenderam em grupo que tinha Colômbia, Romênia e Suíça e só foram eliminados pelo Brasil, que seria tetra, por apertado 1 a 0. Verdade que classificaram-se entre os terceiros colocados, condição que hoje não é possível.

Uma seleção que flertou com campanha pífia foi a Espanha, que abrigou a competição 28 anos antes de sagrar-se, finalmente, campeã. Empatou com Honduras (1 x 1) e perdeu da Irlanda do Norte (0 x 1) na primeira fase, terminando em segundo lugar da chave. Na segunda fase, perdeu da Alemanha e empatou com a Inglaterra, em triangular.

Nem mesmo Japão e Coréia, que compartilharam a organização em 2002, sucumbiram na primeira fase. Os japoneses foram eliminados pela Turquia nas oitavas, enquanto os coreanos foram até as semifinais, eliminando Itália e Espanha no caminho (jogos marcados por polêmicas de arbitragem, registre-se), e foram derrotados pela Alemanha. Foi a melhor campanha de um país asiático na história.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também