• sábado, 23 de junho de 2018
  • 01:13 Icone do tempo--ºC / --ºC

Economia

14/6/2018 às 12h17

Quem esperar para sacar Fundo PIS/Pasep a partir de agosto receberá mais, diz ministro

Saques feitos na segunda etapa do cronograma terão correção anual do saldo entre 8% e 10%, referente ao último exercício de 12 meses.

Governo vai liberar saque do PIS/PASEP para cotistas de todas as idades e rendimentos (Foto: Reprodução/ TV Globo) Governo vai liberar saque do PIS/PASEP para cotistas de todas as idades e rendimentos (Foto: Reprodução/ TV Globo)

O ministro do Planejamento, Esteves Pedro Colnago Junior, recomendou nesta quinta-feira (14) que os cotistas do Fundo PIS-Pasepesperem até agosto para fazerem os saques do benefício já com a correção anual do saldo.

O ministro explicou que anualmente, no mês de julho, os saldos das contas são corrigidos com base no rendimento obtido nos últimos 12 meses pelo fundo, e que a estimativa é de um aumento entre 8% e 10%.

"Quem puder esperar, é melhor aguardar para agosto porque o saldo da conta que era R$ 1.000, por exemplo, vai passar a ser R$ 1.080, R$ 1.090. Não é um valor desprezível", afirmou Colnago em entrevista à radio CBN, lembrando que os saldos estarão à disposição já a partir do dia 18 de junho para trabalhadores com mais de 57 anos.

Nesta quarta-feira (13), o presidente Michel Temer sancionou a lei que libera os recursos do Fundo PIS-Pasep para beneficiários de todas as idades, que trabalharam entre 1971 e 1988. Antes só podiam sacar o dinheiro os beneficiários com idade a partir de 60 anos. A medida provisória foi aprovada pelo Senado em maio e aguardava a sanção do presidente para entrar em vigor.

 
Calendário do Fundo PIS-Pasep da Caixa e BB (Foto: Igor Estrella/G1)

Calendário do Fundo PIS-Pasep da Caixa e BB (Foto: Igor Estrella/G1)

Podem sacar o dinheiro os trabalhadores de organizações públicas e privadas que contribuíram para o PIS ou para o Pasep até 4 de outubro de 1988 e que não tenham resgatado todo o saldo. Quem passou a contribuir após essa data não possui saldos para resgate.

As contas do PIS, vinculadas aos trabalhadores do setor privado, são administradas pela Caixa Econômica Federal. Já as do Pasep, vinculadas aos servidores públicos, são administradas pelo Banco do Brasil.

Ao todo, são 13,6 milhões de cotistas do PIS com idade abaixo de 60 anos que terão liberados R$ 13,8 bilhões, segundo a Caixa. O total de cotistas, levando em conta também quem tem mais de 60 anos, é de 21,3 milhões, totalizando R$ 28,1 bilhões.

No caso do Banco do Brasil, são 2,4 milhões de participantes com idade inferior a 60 anos, em um total de R$ 2,3 bilhões. O BB administra 3,67 milhões de cotas do Pasep, totalizando R$ 6,1 bilhões.

 

Ministro estima ao menos R$ 15 bi na economia

 

Segundo o Ministério do Planejamento, dos 28,7 milhões de cotistas que integram o público potencial das medidas do PIS-Pasep, 3,6 milhões já sacaram recursos até maio de 2018. Ainda restam R$ 34,3 bilhões disponíveis na Caixa Econômica Federal (PIS) e no Banco do Brasil (Pasep) para um universo de cerca de 25 milhões de cotistas.

Desse montante, o ministro estima que ao menos R$ 15 bilhões entrarão na economia. Ele explicou que ao menos R$ 5 bilhões também já estão assegurados, pois representam a fatia de cotistas que possuem conta corrente em ambos os bancos e receberão os depósitos automaticamente no dia 8 de agosto. “Estimamos que pelo menos mais uns 10 bilhões entrem na economia”, avaliou.

Ele admitiu, entretanto, que há uma dificuldade de resgate por parte de todos os titulares destes saldos. "É um conjunto grande de pessoas que precisa buscar informações e ir atrás do seu saldo. O maior desafio do governo é realmente de mostrar às pessoas que há essa possibilidade de saque", disse.

 
 
O presidente Michel Temer durante anúncio da ampliação dos saques do fundo PIS-Pasep. (Foto: Cesar Itiberê/Presidência da República)

O presidente Michel Temer durante anúncio da ampliação dos saques do fundo PIS-Pasep. (Foto: Cesar Itiberê/Presidência da República)

 

Calendário da Caixa

 

Segundo o calendário da Caixa, na primeira etapa, cerca de 2,9 milhões de brasileiros terão direito ao saque das cotas. O valor total disponível para essa etapa ultrapassa R$ 4 bilhões, que poderão ser sacados até 29 de junho.

Do dia 30 de junho a 7 de agosto, o pagamento ficará suspenso e será retomado no dia 8 de agosto, quando ocorrerá o crédito nas contas dos correntistas da Caixa de todas as idades. A partir do dia 14 de agosto, os saques voltam a ser autorizados nas agências da Caixa para os beneficiários de todas as idades. O saque poderá ser feito até o dia 28 de setembro por quem tem menos de 60 anos.

 

Calendário do Banco do Brasil

 

Segundo o cronograma de pagamentos do Banco do Brasil, na primeira etapa, os cotistas com idade a partir de 57 anos poderão sacar diretamente nas agências. O valor disponível é de aproximadamente R$ 4,61 bilhões, que poderão ser sacados até 29 de junho por 1,8 milhão de cotistas.

No dia 8 de agosto, será iniciada a segunda fase de pagamentos, que contemplará todos os trabalhadores que possuem saldo de cotas do Pasep, incluindo os que não realizarem o saque na primeira etapa. O BB efetuará o crédito em conta para 1,1 milhão de cotistas, totalizando R$ 1 bilhão. Os demais poderão sacar diretamente nas agências.

 

 

Como são os saques

 

O saque das cotas do PIS será efetivado após a confirmação do direito nas agências da Caixa. Os pagamentos com valor até R$ 1.500 podem ser realizados no autoatendimento apenas com a senha cidadão, sem a necessidade do Cartão do Cidadão, ou nas lotéricas e Caixa Aqui com o Cartão do Cidadão e senha, mediante apresentação de documento oficial de identificação com foto.

Os saques de valores até R$ 3 mil podem ser feitos com Cartão do Cidadão e senha no Autoatendimento, nas lotéricas e Caixa Aqui, com documento de identificação oficial com foto.

Os valores acima de R$ 3 mil devem ser sacados nas agências, mediante apresentação de documento oficial de identificação com foto.

No caso do Pasep, caso o cotista não seja correntista ou poupador do BB e possuir saldo de até R$ 2,5 mil, ele poderá realizar a transferência da sua cota via TED, para conta de sua titularidade em outro banco, sem nenhum custo, nos terminais de autoatendimento do BB ou na internet pelo seguinte endereço eletrônico: www.bb.com.br/pasep. Para os demais, os saques poderão ser realizados nas agências do BB, bastando que o cotista apresente documento oficial de identificação.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também