• sexta-feira, 20 de julho de 2018
  • 13:24 Icone do tempo--ºC / --ºC

Cotidiano

21/6/2018 às 11h00

Prefeitura de Lucélia poderá remover ossadas de túmulos abandonados

Prazo de 120 dias termina em julho. Túmulos abandonados poderão ter restos mortais removidos.

Famílias que tenham covas e túmulos abandonados no cemitério de Lucélia são chamadas a promover a manutenção dessas áreas  (Foto: Facebook/PM) Famílias que tenham covas e túmulos abandonados no cemitério de Lucélia são chamadas a promover a manutenção dessas áreas (Foto: Facebook/PM)

A Prefeitura de Lucélia publicou no dia 22 de março um edital de notificação e chamamento público, onde convoca familiares de pessoas sepultadas, para que procedam reparos, manutenção e limpeza dos túmulos, em especial dos jazigos perpétuos em situação de abandono.

A medida visa atender o Código de Posturas do Município e quer pôr fim aos túmulos abandonados. Segundo o edital, os casos de covas e túmulos abandonados, destruídos, sem conservação, sem nomes ou placas de identificação, que não tenham as providências de reparos e manutenção adotadas pelos familiares dentro do prazo de 120 dias, podem levar a concessão cair em omisso.

Com isso o concessionário ou sucessores perdem todos os direitos sobre esses espaços, e as construções e os implementos, acaso existentes na sepultura, serão incorporados ao patrimônio do Município, sem direito a indenização ou qualquer pagamento.

Quanto aos restos mortais, os mesmos serão exumados e colocados no ossário, conforme autoriza os artigos 46 e 47 do Código de Posturas do Município.

O prazo de 120 dias, iniciado em 22 de março, encerra-se em julho próximo. Até então, houve pouca procura de familiares.

A medida visa melhorar a aparência e os serviços de sepultamento, no cemitério, bem como liberar espaços, entre as covas e túmulos abandonados, para novos sepultamentos, diante da limitação física do espaço do cemitério.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também