• sexta-feira, 20 de julho de 2018
  • 13:14 Icone do tempo--ºC / --ºC

Segurança

1/7/2018 às 14h07

Criança de 4 anos fica gravemente ferida ao ser atingida na cabeça por disparo acidental de espingarda de pressão

Uma menina, de 4 anos, ficou gravemente ferida após ser atingida por um disparo acidental de espingarda de pressão efetuado pelo irmão, de 9 anos. O fato ocorreu no distrito de Atlântida, em Flórida Paulista, por volta das 15h deste sábado (30).

Conforme informou ao G1 o delegado que acompanha o caso, Hilton Testi Henz, tudo ocorreu na casa do avô das crianças. A mãe foi ao local realizar uma limpeza, o que já era frequente, e levou os filhos, de 4 e 9 anos.

Durante o período no local, as crianças brincavam e foram ao quarto do avô. A menina se deitou na cama e o menino encontrou a espingarda de pressão, de chumbo calibre 5.5, no chão entre o guarda-roupas e a parede, de acordo com o delegado.

O menino, então, pegou a arma e começou a manuseá-la, momento em que houve o disparo acidental que atingiu a parte frontal da cabeça da menina. O irmão percebeu o ocorrido e contou à mãe o ocorrido.

A mãe e vizinhos socorreram a vítima para a Santa Casa de Flórida Paulista, onde ela recebeu atendimentos médicos e foi transferida para o Hospital das Clínicas de Marília. “O médico plantonista informou que ela estava com uma saturação boa e respirava normalmente, mas considerava seu estado grave”, comentou o delegado ao G1.

 Responsabilidade

 “O acidente envolvendo o disparo está claro”, salientou Henz ao G1. No entanto, um inquérito será instaurado nesta segunda-feira (2) para apurar a eventual responsabilidade do avô em deixar a espingarda ao alcance das crianças.

O homem já foi ouvido e relatou nunca ter manuseado a arma na frente dos netos ou junto a eles. O depoimento será confrontado com demais oitivas previstas para serem realizadas.

O andamento do inquérito policial também contará com laudos do Instituto de Criminalística.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também