• quinta-feira, 20 de setembro de 2018
  • 05:41 Icone do tempo--ºC / --ºC

cidade

5/7/2018 às 18h42

Rumo Logística aguarda liberação do TCU para começar obra de reativação do ramal ferroviário orçada em mais de R$ 6 bilhões

O governador do Estado de São Paulo, Márcio França, durante o seu discurso sobre a renovação da malha paulista (Foto: Lucas Mello/JR) O governador do Estado de São Paulo, Márcio França, durante o seu discurso sobre a renovação da malha paulista (Foto: Lucas Mello/JR)

Na manhã de hoje, 5, representantes da Rumo Logística; o governador do Estado de São Paulo, Márcio França; secretário de Logística e Transportes, Mário Mondolfo, prefeito de Dracena, Juliano Brito Bertolini; deputado estadual Reinaldo Alguz e autoridades e lideranças políticas da região estiveram reunidos no salão nobre da Faculdade Reges de Dracena para discutir a renovação da malha paulista e a reativação do ramal ferroviário Bauru-Marília-Panorama.

O evento também contou com a participação de pessoas de vários segmentos sociais.

Durante o encontro, a empresa Rumo Logística apresentou os investimentos realizados a partir de 2015 na ordem de R$ 6 bilhões, que permitiram ultrapassar a marca de R$ 36 bilhões de toneladas transportadas no ano passado, e o planejamento de investir no projeto em mais de R$ 6 bilhões, condicionando à renovação antecipada da malha paulista nas regiões da Alta Paulista, Sorocabana e Noroeste Paulista.

O ramal ferroviário Bauru-Marília-Panorama compreende a extensão de mais de 350 km e será uma alternativa de transporte de carga para o escoamento das produções regionais até ao Porto de Santos, beneficiando o desenvolvimento e crescimento dos municípios.

O prefeito de Dracena Juliano Brito Bertolini abriu o evento promovido pela Rumo Logística agradecendo aos representantes da empresa por acreditar no investimento para a região. O chefe do Executivo enalteceu o empenho do trabalho pelo deputado Reinaldo Alguz para reativar o ramal ferroviário da região junto ao Governo do Estado e a Rumo Logística. Além disso, Juliano agradeceu o governador Márcio França por outras outras conquistas para o município, como por exemplo: os convênios assinados para o recapeamento asfáltico e a instalação do polo de educação a distância da Univesp. 

Em seguida, o gerente de relações governamentais da Rumo Logísitca, Emanoel Tavares Costa Junior, fez o uso da palavra, ressaltando a importância do transporte ferroviário para a região, em virtude do crescimento e desenvolvimento para vários segmentos da economia. “Mais do que nunca, o Brasil necessita de investimentos no setor logístico e as ferrovias são a solução para o escoamento da produção nacional ao lado dos modais rodoviário e hidroviário”, disse sobre o projeto de investimento na reativação do ramal ferroviário Bauru-Marília-Panorama.

“É um marco histórico para a região Centro Oeste do Estado de São Paulo.” Foi assim que o deputado Reinaldo Alguz abriu o seu pronunciamento no evento. Ele disse que desde o ano passado juntamente com a empresa Rumo Logística, fizeram audiências para debater e apresentar o projeto de investimento na reativação do ramal ferroviário que há décadas está desativado.  Alguz também citou o empenho dos prefeitos da região, além do governador Márcio França e do secretário de Logística e Transportes Mário Mondolfo para viabilizar o projeto da renovação da malha paulista.

O deputado estadual finalizou dizendo que a reativação do ramal ferroviário irá beneficiar o crescimento e desenvolvimento regional, além de baratear custos para os transportes de cargas das empresas.

Em seu discurso, o secretário de Logística e Transportes, Mário Mondolfo, destacou que a região é privilegiada com a logística de transporte ferroviário e destacou o pólo importante, além de outros ramais que interligam a malha paulista.

Finalizando o evento, o governador Márcio França disse que os investimentos a serem realizados pela Rumo Logística e empenho do Governo Estadual junto ao Governo Federal, para a renovação da malha paulista irá gerar empregos e rendas. Márcio França ressaltou os investimentos que o seu governo está realizando por meio de assinaturas de convênios com as prefeituras nas áreas de educação e infraestrutura urbana, por exemplo.

Após o término do evento, o governador do Estado de São Paulo Márcio França concedeu uma entrevista coletiva para a imprensa. Ele disse que irá interferir junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) para que seja feita mais depressa o processo de autorização para começar a obra de reativação do ramal ferroviário.

“A gente quer que faça em dois meses para aprovação e assim começar a obra de mais de R$ 6 bilhões”, disse Márcio França. Ele finalizou dizendo que em contato com o proprietário da Rumo Logística, o mesmo disse que assim que o Tribunal de Contas da União (TCU) dar o parecer de aprovação, irá começar a obra.

 

Anúncio do governador - O governador Márcio França disse também durante a entrevista coletiva, o anunciou para a autorização da construção de 300 casas populares ao município de Dracena, a partir do mês que vem.

 

Outras Imagens:

  •  (Foto: Lucas Mello/JR)
  •  (Foto: Lucas Mello/JR)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também