• terça-feira, 25 de setembro de 2018
  • 09:52 Icone do tempo--ºC / --ºC

Governo

6/7/2018 às 13h36

Governo do Estado contempla 20 municípios com obras de infraestrutura urbana e equipamento social

Cidades das regiões de Araraquara, Bauru, Presidente Prudente, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto serão beneficiadas. Obras superam os R$ 4 milhões

Através de recursos do Fundo Estadual da Habitação (FEH), o secretário de Estado da Habitação, Paulo César Matheus da Silva, assinou, na tarde desta quinta-feira (5/7), convênios de autorizo para obras de infraestrutura urbana e equipamento social em conjuntos habitacionais da Pasta com prefeitos de 20 municípios das regiões de Araraquara, Bauru, Presidente Prudente, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto. As obras incluem desde recapeamento asfáltico à reforma de praça e construções de quadras, com investimento total de R$ 4,8 milhões. 

Região de Araraquara 

·        Itápolis – Recapeamento asfáltico, sinalização viária e acessibilidade nos Conjuntos Habitacionais Jardim Vitória I, II e III. Investimento de R$ 250 mil. 

Região de Bauru 

·        Ibirarema – Construção de quadra do Conjunto Habitacional Ibirarema D. Investimento de R$ 350 mil. 

·        Júlio Mesquita – Recapeamento asfáltico e sinalização viária nos Conjuntos Habitacionais Julio de Mesquita C e II. Investimento de R$ 247 mil. 

·        São Pedro do Turvo – Reforma de praça no Conjunto Habitacional Jardim Vitória. Investimento de R$ 158 mil. 

Região de Presidente Prudente 

·        Adamantina – Recapeamento asfáltico e sinalização viária nos Conjuntos Habitacionais Jardim das Acácias G e Governador Mário Covas. Investimento de R$ 250 mil. 

·        Santo Expedito – Recapeamento asfáltico, pavimentação asfáltica e sinalização viária no Conjunto Habitacional Santa Clara B. Investimento de R$ 250 mil. 

Região de Ribeirão Preto 

·        Serrana – Cobertura de quadra no Conjunto Habitacional Serrana B. Investimento de R$ 180 mil. 

Região de São José do Rio Preto 

·        Bilac – Recapeamento asfáltico, sinalização viária e acessibilidade no Conjunto Habitacional Matuzi Morita. Investimento de R$ 176 mil. 

·        Gabriel Monteiro – Academias ao ar livre nos Conjuntos Habitacionais Gabriel Monteiro C (Avelino Batista Marabeis) e B1 (Afonso Carrilho Peres). Investimento de R$ 90 mil. 

·        Guapiaçu – Recapeamento asfáltico, sinalização viária e rampas de acessibilidade no Conjunto Habitacional Recanto dos Pássaros I e II. Investimento de R$ 250 mil. 

·        Mendonça – Recapeamento asfáltico nos Conjuntos Habitacionais Mendonça A, B e B2 (Antonio Papalardo), C e C2 (Antenor Tomé da Silva). Investimento de R$ 296 mil. 

·        Murutinga do Sul – Galeria de águas pluviais nos Conjuntos Habitacionais José Antônio Aro e José Armando Angelin Calestini. Investimento de R$ 150 mil. 

·        Novais – Pavimentação asfáltica, guias e sarjetas no Conjunto Habitacional Novais D. Investimento de R$ 250 mil. 

·        Palmeira d’Oeste – Construção de praça no Conjunto Habitacional José Antonio Sparapani. Investimento de R$ 250 mil. 

·        Penápolis – Revitalização da praça João Casela no Conjunto Habitacional Jardim Bela Vista e recapeamento asfáltico e sinalização viária horizontal no Conjunto Habitacional Penápolis C (Jardim Paraíso). Investimento de R$ 250 mil. 

·        Pontalinda – Construção de centro comunitário no Conjunto Habitacional Inácio Alves da Silveira. Investimento de R$ 250 mil. 

·        Santa Albertina – Recapeamento asfáltico e sinalização viária nos Conjuntos Habitacionais Santa Albertina A (Beliziário de Almeida), Santa Albertina B (Vereador Antônio Valério Neves) e Santa Albertina C (Áurea Pavarini de Matos). Investimento de R$ 250 mil. 

·        Santa Clara d’Oeste – Construção de centro comunitário no Conjunto Habitacional Santa Clara B. Investimento de R$ 250 mil. 

·        São Francisco – Construção de praça no Conjunto Habitacional José Honório de Carvalho. Investimento de R$ 174 mil. 

·        Sebastianópolis do Sul – Reforma de praça no Conjunto Habitacional Boa Vista. Investimento de R$ 250 mil.

Fundo Estadual da Habitação – Baseado na Lei nº10.871/2001, o Fundo Estadual da Habitação (FEH) é aplicado em programas habitacionais geridos e desenvolvidos pela Secretaria da Habitação. Tais como construção de moradias populares, execução de obras de infraestrutura (drenagem, rede de água, rede de esgoto, rede de energia elétrica, pavimentação de vias públicas, vias e sarjetas), e aquisição, reforma ou ampliação de equipamentos sociais para conjuntos habitacionais (creches, centros comunitários, parques infantis, clínicas médicas, clínicas dentárias e quadras de esporte). Os recursos vinham da extinta Loteria da Habitação, com sede na Capital. Era explorada e administrada pelo Estado através da Nossa Caixa – Nosso Banco S/A, e destina-se à captação de recursos para aplicação no Programa Habitacional do Estado de São Paulo. 

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também