• quinta-feira, 20 de setembro de 2018
  • 06:16 Icone do tempo--ºC / --ºC

Internacional

10/7/2018 às 11h17

Saiba como foi feito o resgate dos meninos presos em caverna na Tailândia

Mergulhadores tailandeses e de outros países participaram da ação. Grupo foi retirado aos poucos.

Infográfico mostra como foi organizado o resgate de grupo preso em caverna na Tailândia (Foto: Karina Almeida, Juliane Monteiro e Betta Jaworski/G1) Infográfico mostra como foi organizado o resgate de grupo preso em caverna na Tailândia (Foto: Karina Almeida, Juliane Monteiro e Betta Jaworski/G1)

resgate dos 12 meninos e seu técnico de futebol, que ficaram presos 17 dias em uma caverna na Tailândia, começou na madrugada do domingo (8). Nos dois primeiros dias da operação, oito foram retirados da caverna.

A equipe de mergulhadores retomou a terceira etapa da operação nesta terça-feira (10), e até as 8h20, três meninos haviam saído do local. Já às 8h50 foram retirados o último garoto do time de futebol e o técnico.

 
Infográfico mostra como foi organizado o resgate de grupo preso em caverna na Tailândia  (Foto: Karina Almeida, Juliane Monteiro e Betta Jaworski/G1)

Infográfico mostra como foi organizado o resgate de grupo preso em caverna na Tailândia (Foto: Karina Almeida, Juliane Monteiro e Betta Jaworski/G1)

A operação foi delicada por conta do estado de saúde dos meninos e do técnico e por causa da dificuldade de acesso à caverna, que tem vários trechos inundados e muito estreitos.

Participaram da operação:

 

  • 50 mergulhadores especialistas internacionais
  • 40 mergulhadores tailandeses experientes
  • 30 equipes médicas

 

 

O mergulho

 

De dois a três mergulhadores acompanharam cada um dos meninos, que usaram máscaras faciais enquanto eram guiados pelas passagens por corda, já que a visibilidade na água é pouca.

Nos trechos mais estreitos, que podem chegar a 90 cm de largura por 60 cm de altura, os mergulhadores precisaram soltar o tanque de suas costas para que passassem um de cada vez: o mergulhador, o menino e o equipamento.

Cada um dos meninos usou uma máscara de mergulho, além de roupa de mergulho, botas e capacete.

 
 
 
 
Controle do cansaço e do estresse podem ser determinantes na hora de salvar vidas

Controle do cansaço e do estresse podem ser determinantes na hora de salvar vidas

 

 

Pausa

 

Por conta do longo trecho, a operação foi feita aos poucos e os meninos foram retirados em pequenos grupos. Após o primeiro dia, uma pausa de 10 horas foi feita para que os tanques de oxigênio fossem regarregados e os mergulhadores pudessem descansar.

Os mergulhadores levaram cerca de 6 horas para chegar até o grupo, que está isolado a cerca de 4 km da entrada da montanha.

 
 
 
 
5 fatos sobre o resgate dos meninos presos em caverna na Tailândia

5 fatos sobre o resgate dos meninos presos em caverna na Tailândia

 

Chuva

 

Uma das maiores preocupações foi a condição climática na região. Havia a previsão de uma tempestade que se aproximava e deveria chegar à região da caverna em alguns dias.

Para evitar novas inundações, foi feito o bombeamento constante de água para fora da montanha, e por isso pontos antes totalmente inundados podem ser feitos caminhando, afirmou o governador Narongsak Osatanakorn.

 

 

Equipe médica

 

Na saída da caverna, trinta equipes médicas ficaram de prontidão. Um helicóptero e ambulância esperavam próximo à caverna. Cada um dos meninos resgatados foi levado de helicóptero até a região de Chiang Rai onde foram transferidos de ambulância para um hospital.

O voo da caverna até Chiang Rai durava cerca de 20 minutos. Do heliponto até o hospital são apenas 700 metros de ambulância.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também