• sexta-feira, 20 de julho de 2018
  • 13:36 Icone do tempo--ºC / --ºC

Economia

12/7/2018 às 07h30

Para driblar a seca, produtor rural improvisa irrigação e pastejo rotativo

Caminhoneiro com 20 anos de estrada, Milton Barone trocou as rodovias há um ano meio pelo sítio São José, no bairro Maquininha, em Dracena, onde cria gado de leite

Apenas as vacas mais produtivas vão para os piquetes no fim de tarde, passando o dia perto num piquete sem irrigação (Foto: Lucas Mello/JR) Apenas as vacas mais produtivas vão para os piquetes no fim de tarde, passando o dia perto num piquete sem irrigação (Foto: Lucas Mello/JR)

As pastagens na cidade e região já foram afetadas pela longa estiagem. Sem chuva desde abril, produtores de leite estão preocupados com os pastos e a manutenção do rebanho.  “A nossa salvação tem sido esses piquetes com irrigação. A última vez que choveu foi no feriado da Páscoa, se não chover, não sei como vai ser”, desabafou o produtor rural José Milton Barone. Caminhoneiro com 20 anos de estrada, Barone trocou as rodovias há um ano meio pelo sítio São José, no bairro Maquininha, em Dracena, e também comprou 24 vacas. Mas, o que ele e a esposa Gisele Barone, que também trabalha como promotora de vendas para ajudar na renda da família, não esperavam era a seca intensa logo no primeiro ano trabalhando com gado de leite e entregando o produto para a Associação de Produtores Rurais de Dracena.

A alternativa encontrada foi arregaçar as mangas: fizeram cursos gratuitos do Senar/Sebrae e com o apoio da Associação compraram canos e o motor para o poço “caipira”, como eles se referem ao poço com 40 metros de profundidade, muito antigo na propriedade. Numa área de oito metros quadrados, montaram 15 piquetes para pastejo rotativo. O poço “caipira” aguentou o tranco e a partir das 17h, a irrigação é ligada pelo casal que vai mudando a posição dos canos até as 21h, o horário é escolhido para evitar a evaporação mais rápida durante o dia. As vacas, apenas as que produzem mais leite, são soltas nos piquetes também no fim de tarde até o outro dia cedo. Barone explica que o próprio pastejo das vacas vai desgastando o capim-mombaça, por isso durante o dia elas ficam presas num piquete – praticamente sem capim – perto da mangueira.

Outra parte dos animais está sendo alimentada com cana-de-açúcar, que é triturada duas vezes ao dia, e sulfato de ureia, porém, o produtor rural ressalta a necessidade de um período de adaptação dos animais. “É necessário ir introduzindo a mistura aos poucos porque pode causar intoxicação”, contou. Mesmo assim, a preocupação com outras cabeças de gado, na semana passada, o produtor rural começou o processo de adaptação de mais duas vacas à mistura. 

O esforço e a coragem do casal têm rendido frutos, a produção de leite que havia caído para 40 litros voltou a subir para 80 litros. Quantidade mais que considerável, quando muitos produtores rurais estão sem pastagem para o gado e preocupados com o peso e até mesmo a vida dos animais.

 

Outras Imagens:

  •  (Foto: Lucas Mello/JR)
  •  (Foto: Lucas Mello/JR)

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também