• domingo, 23 de setembro de 2018
  • 09:11 Icone do tempo--ºC / --ºC

Esporte / Copa do Mundo

12/7/2018 às 10h20

Pogba admite clima de "já ganhou" em 2016 e quer que erro não seja repetido

 (Foto: EFE/ Alberto Estévez) (Foto: EFE/ Alberto Estévez)

Vice-campeão da Eurocopa de 2016 como anfitriã, a seleção francesa viveu um clima de "já ganhou" antes da final contra Portugal dois anos atrás, como admitiu nesta quinta-feira o meia Paul Pogba, que fez um alerta aos companheiros para que o erro não seja repetido na decisão desta Copa do Mundo.

"Ainda tenho bastante presentes na memória as férias depois da final da Eurocopa de 2016. Sei que o sabor da derrota e é muito ruim. Queremos terminar este campeonato bem", declarou Pogba em entrevista coletiva concedida no Museu da Nova Jerusalém, na cidade russa de Istra, quartel-general dos 'Bleus' durante toda a Copa.

A França irá em busca de seu segundo título mundial no próximo domingo, no estádio Luzhiniki, em Moscou, enfrentando a Croácia, que está na final pela primeira vez.

"Pensamos que já estava ganho, que já éramos campeões depois da vitória sobre a Alemnanha nas semifinais. Desta vez, não queremos cometer esse erro. Abordaremos o jogo de maneira diferente", prometeu o jogador do Manchester United.

Na campanha de seu único título até hoje, 20 anos atrás, a França derrotou a Croácia por 2 a 1 de virada nas semifinais. Pogba acredita não haver qualquer sentimento de revanche nos croatas e destacou que uma final de Copa por si só já representa uma grande motivação.

"Não sei se eles pensarão em revanche. Eles não têm uma estrela na camisa e vão querer uma. Mas eu também não tenho essa estrela e irei buscá-la. Somos duas equipes, e só há um troféu", comentou Pogba, que também minimizou qualquer possibilidade de cansaço pelo fato de o adversário ter estado em três prorrogações e duas disputas de pênaltis no mata-mata deste Mundial.

"Também não sei se a Croácia tem uma desvantagem (por ter jogado três prorrogações nos seus três jogos de mata-mata), mas disputarão uma final. Contra a Inglaterra, eles não se renderam em momento algum", considerou.

Pogba ainda comparou a trajetória do atacante Antoine Griezmann, seu companheiro de seleção, à de outro ídolo francês, Zinedine Zidane, que liderou os 'Bleus' na campanha de 1998.

"Griezmann está no caminho de se tornar uma lenda também. É uma pessoa muito querida na França, e no campo de jogo mostra que é um dos grandes. Desejo de todo o coração que marque um gol na final de domingo", disse.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também