As flores da onze horas chamam a atenção pela beleza (Divulgação)

A primavera é, sem dúvidas, a estação mais bonita e florida do ano. É uma época em que ocorre o florescimento de várias espécies de plantas. Este fenômeno marca o início da época de reprodução de muitas espécies de árvores e plantas.

De acordo com a professora do curso de Ciências Biológicas da Universidade UNIVERITAS/UNG, Marta Greiner, é preciso atentar para o tempo necessário entre o plantio e o florescimento das plantas. “A flores da primavera devem ser plantadas com três a quatro meses de antecedência, ou com um tempo maior, dependendo da espécie escolhida. Folhagens e suculentas podem se desenvolver rapidamente, produzindo efeitos muito bonitos em jardins e até mesmo no interior das casas, prédios ou qualquer outro local”, explica.

As flores indicadas pela bióloga para o cultivo na primavera são: caliandra, gloxínia, heliconia, velloziana, ipomeia, canna limbata, begônias, alamanda, buganvília, onze horas e caladium.

Dicas para todos os tipos de plantas:

Na primavera, podem ocorrer chuvas fortes que lavam o solo e não infiltram, por isso, é muito importante verificar se a planta precisa de água todos os dias, principalmente se a muda estiver em solo arenoso.

Muitas plantas apresentam desenvolvimento de folhas novas nesse período, o que pode atrair muitas pragas. Os pulgões são grandes vilões e cochonilhas adoram esse momento para infestarem as plantas. O spray de óleo de neem é um excelente produto para controlar essas pragas. Lembre-se de retirar folhas e ramos que secaram no inverno!

Outra dica importante nesse período é a limpeza, poda e adubação para as plantas que terão um longo tempo para se adaptarem em novos vasos ou espaços de jardim, além de um solo rico em matéria orgânica. (Cominformações/Assessoria de Imprensa – Universidade UNG)