Bandeira tarifária para cobrança de energia elétrica para o mês de novembro é a vermelha (Divulgação)

De acordo com a Aneel, a bandeira tarifária para cobrança de energia elétrica para o mês de novembro é a vermelha, por conta da diminuição no volume de chuvas, com custo adicional de R$ 4 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Com isso, os ajustes para baixar a conta de luz no final do mês são ainda mais importantes. Esta economia implica em eliminar desperdícios, além de utilizar novas tecnologias de maneira regrada, e estar atento a bandeira tarifária.

Muitas vezes a conta de energia elétrica fica mais onerosa em especial pela má instalação ou mal-uso dos aparelhos eletroeletrônicos na residência. “É importante salientar que o potencial de economia financeira em energia elétrica tem relação direta com a tecnologia dos equipamentos utilizados, com a disciplina comportamental dos usuários, e a bandeira tarifária. Quanto menor o uso dos recursos tecnológicos dos equipamentos residenciais e quanto menor a disciplina para uso racional de energia elétrica, maior o potencial de economia financeira na conta de energia elétrica. Nesta condição, o potencial de economia financeira pode chegar em torno de 30% mensais sem placas solares, e de 50% a 70% (em média) com uso de placas solares, ” diz Sérgio.

Para auxiliar na redução desse consumo, o Eng. Eletricista Sérgio Levin, membro do Ibape/SP separou dicas para se atentar aos principais aparelhos de casa, como chuveiro, geladeira e máquina de lavar.

Confira as orientações

Geladeira e freezer

  • Evite a proximidade da geladeira ou freezer com o fogão ou com áreas expostas ao sol, além de deixar sempre espaço mínimo de 15 cm dos lados, acima e no fundo da geladeira ou freezer;
  • Faça o descongelamento do freezer periodicamente, conforme as instruções do fabricante;
  • Não utilize as serpentinas (as grades) que se encontram na parte de trás do aparelho para secar panos, roupas e etc;
  • Quando você se ausentar de casa por tempo prolongado, esvazie o freezer e a geladeira e deixe-os desligados ou regulados na temperatura mínima;
  • Verifique se a borracha de vedação da porta está em bom estado visando evitar a fuga de ar frio do aparelho. Caso necessário, troque-a.

Chuveiro, secadores de cabelos e ‘chapinha’

  • Só ligue o chuveiro quando estiver pronto para o banho. Seja breve e lembre: chuveiro não foi feito para aquecer ambiente nem para fazer sauna!
  • Quando possível, use na posição de menor potência nas épocas quentes. A posição de maior potência consome normalmente 30% mais energia.

Iluminação

  • Use lâmpadas tipo LED com potência adequada a cada ambiente;
  • Ao pintar a casa dê preferência às cores claras nos tetos e paredes – elas refletem melhor a luz, reduzindo a necessidade de luz artificial;
  • Apague as lâmpadas dos cômodos desocupados, salvo aquelas que contribuem para a sua segurança;
  • Verifique sempre a compatibilidade da voltagem (Volts) da lâmpada com a rede doméstica;

Máquinas de lavar e ferro de passar

  • Ao usar máquinas de lavar louças e roupas, ligue-as somente com toda a sua capacidade preenchida;
  • Acumule uma boa quantidade de roupas passando-as de uma vez;
  • Desligue o ferro sempre que precisar interromper o serviço;

Ar condicionado e aquecedor de ambiente

  • Na hora da compra, escolha um modelo adequado ao tamanho do ambiente em que será utilizado;
  • Na instalação, procure proteger a parte externa da incidência do sol (mas sem bloquear as grades de ventilação);
  • Quando o aparelho estiver funcionando, mantenha as janelas e as portas fechadas.
  • Desligue-o quando o ambiente estiver desocupado;
  • Limpe os filtros periodicamente. (Fonte: IBAPE/SP)