Júlio Pinato em uma das quatorze lutas que fez ao longo do ano (Divulgação)

Neste ano que está prestes a terminar o lutador de Jiu-Jitsu, Julio César Pinato, da equipe Raça Jiu-Jitsu “ Cicero Gomes”, da Capital Paulista, teve conquistas brilhantes na categoria até 100 quilos no superpesado. Ele que é treinado pelo sensei Araújo, ganhou ao longo do ano 19 medalhas, sendo 7 de ouro, 4 de prata e 8 de bronze.

Em sua página no Facebook Júlio agradece os momentos que viveu em 2019. “ Primeiramente agradeço a Deus por tudo que aconteceu, mas foi um ano difícil pois tive lesões sérias que me atrapalharam nos campeonatos e nos treinamentos. Mas o meu objetivo de ganhar medalhas nas competições estando lesionado ou não eu consegui. Foi um ano bastante positivo”, disse o atleta. Júlio Pinato ainda agradeceu seus pais, a namorada, os patrocinadores e treinador e a Prefeitura de Junqueirópolis pelo apoio.

Júlio Pinato disse ontem à tarde ao JR que as duas maiores conquistas deste ano foi ser campeão Sul-americano no dia 14 de abril em Campo Grande, MS e foi vice-campeão mundial sem quimono pela CBJE na capital paulista. Ele ressaltou o ano foi bastante produtivo já que em 14 competições disputadas subiu no pódio em todas elas. “ No ano que vem quero crescer mais e alcançar competições maiores”, comentou Júlio, que agradece os patrocinadores Bonanza Agronegócios, Nic Pharma, Cross PullDog, e a Prefeitura.

Júlio César Pinato e as dezenove medalhas que conquistou em 2019 (Divulgação)