Seu Antônio Botasso supervisiona diariamente o milharal (Vanessa Matsumoto/JR)

Vai começar no próximo dia 14, a 25ª edição da Festa do Milho Verde em Dracena. A tradicional festa será realizada na laje da Igreja Matriz da cidade. Toda a renda será revertida para a Pousada Bom Samaritano.

A festa, que terá duração de 24 dias, serve principalmente para sustentar o trabalho da Pousada Bom Samaritano. Instituição que abriga hoje 31 dependentes químicos faz todo o processo de recuperação dos mesmos de forma gratuita.

Antonio Botasso, 83 anos, é quem está à frente da Pousada e é um dos organizadores da festa. “É a 25ª festa que estou presente. Estamos com a expectativa muito boa para esse ano. Queremos melhorar os rendimentos dos anos anteriores”, disse Botasso.

A festa, que ocorrerá de segunda à sexta, vai manter os preços dos produtos do ano passado. Segundo Botasso, serão necessários por volta de 30 voluntários. “Quem puder nos ajudar, serão muito bem vindos”.

Para o encerramento da festa, será promovido no dia 9 de fevereiro um almoço. O ingresso custará R$ 25,00 com a renda também revertida para a Pousada.

Milho pronto

Botasso segue todo orgulhoso a plantação de milho da Pousada Bom Samaritano. “Já temos muitos pés maduros, prontos para passar pelo processo de brilhar na festa. Cuidamos muito bem disso. Plantamos o milho em semanas diferente para tudo estar muito bom durante as semanas do evento”, finalizou o vigoroso senhor.

Além do milho, ele pede ajuda para doação de outros ingredientes importantes. “Estamos aceitando doações para a festa. Ingredientes importantes para fazer a pamonha, como o açúcar, por exemplo”, finaliza Botasso.