Ass. Imprensa/Prefeitura Brasilândia

Brasilândia, no Mato Grosso do Sul, foi o município que mais reduziu índices criminais entre aqueles municípios que que compreendem as delegacias regionais de Três Lagoas e Bataguassu, segundo informou o delegado de polícia Thiago José Passos da Silva.

Dos 12 índices criminais analisados pela SEJUSP (Secretaria de Justiça e Segurança Pública), o município apresentou redução em 6 tipos de infrações penais (furtos, furtos em residências, roubos, roubos em residência, furto de veículos e roubo em via pública). Cinco índices permaneceram estáveis, mantendo o bom nível alcançado no ano 2018 (foram dois casos de homicídio culposo no trânsito e nenhum registro de homicídio doloso, latrocínio, feminicídio e roubo de veículo). O único índice negativo foi a incidência de um roubo em um estabelecimento comercial situado em distrito do município, fato que não teve nenhum registro em 2018, conforme o delegado Thiago da Silva.

“Os crimes de furto em residência foram reduzidos em 38% e os furtos de veículos em 91,7%. Roubos em via pública tiveram 50% de redução e os roubos em residência 100% de redução, não sendo registrado nenhum evento no ano 2019. A meta é manter os excelentes resultados alcançados e reduzir ainda mais algumas incidências criminais mais típicas, como os furtos na área rural e furtos em residências”, disse o delegado.
E prosseguiu dizendo: “A redução é reflexo dos investimentos em segurança pública realizados pelo governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública e também pela dedicação dos policiais em atividade no município. Ademais, o bom entrosamento entre as forças de segurança, o poder público municipal e demais instituições, como Ministério Público e Poder Judiciário, tem demonstrado resultado bastante positivo. Um dos bons resultados desse trabalho integrado foi obtenção de verba para construção de um novo prédio para abrigar a Delegacia de Polícia do município, que será construída em terreno amplo doado pelo Poder Público Municipal, em uma parceria que certamente renderá frutos ainda melhores para a sociedade brasilandense”, pontuou dr. Thiago da Silva.