Imagem ilustrativa

Na sexta-feira, 24, à noite, a Polícia Militar registrou e apresentou no Plantão Central da Polícia Civil caso de estupro ocorrido em Dracena, tendo como vítima uma adolescente de 14 anos. Ficou apurado que há dois anos, o pai vem mantendo relação sexual com a menina uma vez por semana de maneira forçada.

A vítima que ficou órfã há oito anos morava com os tios em São Paulo e contou à prima o que vinha acontecendo com ela.

A Justiça atendeu pedido da Polícia Civil apresentado pelo delegado Raimundo Farias de Oliveira e decretou a prisão temporária de 30 dias contra o pai acusado de estupro. Ele está recolhido no sistema prisional.

O caso já foi encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) que vai concluir as investigações.

O delegado Mateus Videira da Silva, titular do Necrim e da delegacia de polícia em Ouro Verde, responde pelo expediente na DDM em função das férias da delegada titular Luciana Falcão, disse que vai aguardar os laudos dos exames feitos na vítima para a conclusão do caso.