Guilherme Alessandro Dourado de Souza (Reprodução/Panorama Notícia)

Foi sepultado na manhã de domingo, 9, no cemitério de Panorama, o corpo do jovem Guilherme Alessandro Dourado de Souza, que completaria 17 anos, em abril deste ano. No dia 21 do mês passado, ele sofreu queimaduras em 63% do corpo, em acidente doméstico quando estava assando carne em um tacho de churrasco e, em estado grave foi  encaminhado a um hospital de Bauru, onde encontrava-se internado.

Alessandro Freitas Souza, pai de Guilherme, disse que o jovem faleceu na madrugada de sexta-feira para o sábado, quando teve duas paradas cardíacas, após ter sido submetido a uma segunda sessão de hemodiálise. Alessandro explicou que o acidente foi uma fatalidade e aconteceu no momento que foi repor o álcool do tacho e, por estar muito quente, o galão explodiu e Guilherme acabou sendo atingido.