Governo do Estado

O Governador em exercício Rodrigo Garcia foi a Botucatu nesta terça-feira (11) para acompanhar trabalhos de recuperação após inundações provocadas pelas chuvas intensas desta semana. Ele colocou as equipes do Estado à disposição do município, que está em situação de emergência.

Acompanhado pelo prefeito Mário Pardini, Rodrigo Garcia visitou as áreas atingidas, acompanhou os serviços para limpeza e reconstrução e discutiu outras ações para auxiliar a cidade de Botucatu, onde três pessoas morreram durante as enchentes.

“Depois de conversar com o Governador João Doria viemos pra Botucatu, a cidade mais atingida no interior. Junto com o prefeito e autoridades, vamos avaliar estragos e traçar um plano de contingência. Nossa expectativa é que até amanhã [quarta] seja possível restabelecer a ligação de água com os bairros afetados. A Sabesp está trabalhando pra isso”, declarou.

A Defesa Civil estadual já ofereceu ajuda técnica e humanitária ao município, que tem 50 pessoas desabrigadas e 30 desalojadas. Garcia também vistoriou estradas que sofreram interrupções em razão das chuvas e se reuniu com representantes da concessionária Rodovias do Tietê, responsável pela Marechal Rondon (SP-300).

“Os projetos mitigatórios e os projetos estruturantes, nos quais o Estado será parceiro, estão sendo traçados. Também vistoriamos as estradas da região e já acionamos a concessionária para que faça um plano emergencial e rapidamente possamos iniciar a execução das obras necessárias. O Estado, ao lado das autoridades, vai atuar de maneira rápida para que a normalidade seja estabelecida no município”, reforçou Garcia.

Marília e outras regiões

Também nesta terça, em Marília, o corpo de um funcionário da concessionária Entrevias, que administra a rodovia SP-333, foi encontrado por uma equipe do policiamento rodoviário. A vítima estava dentro do carro da empresa que foi levado pela enxurrada no momento da chuva.

As regiões do Vale do Ribeira, Região Metropolitana de São Paulo, Osasco, Baixada Santista e Alto Tietê foram as mais atingidas pelas chuvas. Os municípios de Botucatu, Laranjal Paulista e Taboão da Serra decretaram situação de emergência. Os municípios de Andradina, Salto e Santa Cruz da Esperança mantêm a situação de emergência decretada no início da semana passada.

A Defesa Civil Estadual já distribuiu 12 toneladas de ajuda humanitária aos municípios de Pirapora de Bom Jesus (1, 5 t), Carapicuíba (5 t) e Taboão da Serra (5,5 t). Até o início da tarde desta terça, eram 142 desabrigados e 516 desalojados em todo o estado. A Defesa Civil ainda aguarda informações da Prefeitura de Osasco.

  • Araçariguama: 5 desalojados
  • Barueri: 3 desalojados
  • Botucatu: 80 desabrigados e 27 desalojados
  • Carapicuíba: 65 desalojados
  • Capivari: 27 desabrigados e 12 desalojados
  • Cubatão: 2 desalojados
  • Juquiá: 3 desalojados
  • Peruíbe: 6 desabrigados e 100 desalojados
  • Pirapora do Bom Jesus: 120 desalojados.
  • Taboão da Serra: 32 desalojados
  • Itaquaquecetuba: 100 desalojados 28 desabrigados.
  • Itu: 16 desalojados e 16 desabrigado
  • Guarulhos: 40 desalojados 12 desabrigados
  • Jandira: 32 desalojados
  • Juquitiba: 1 desalojado
  • Salto: 6 desabrigados e contabilizando os desalojados.
Governo do Estado