Vilage no Samba é a grande campeã no carnaval de Nova Friburgo, no RJ — Foto: Felipe Basílio/Inter TV

A Escola de Samba Vilage no Samba é a grande campeã do carnaval 2020 de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio. A agremiação foi a última a desfilar na noite de domingo (23), com 1200 componentes e cinco carros alegóricos. Este é o 26° título da Vilage.

A Vilage apresentou o enredo “Vilage em Cena, Um Carnaval de Cinema”. A escola de samba é a segunda mais antiga em atividade da cidade e também foi a vencedora no ano passado.

A verde e branca pontuou 189,7 pontos – a menor nota da escola foi em alegorias e adereços, 9.6 que acabou sendo excluída.

O segundo lugar ficou com a Unidos da Saudade, que teve 189,2 pontos.

Já o terceiro lugar foi para a Alunos do Samba, com 189. A quarta colocação foi para a Imperatriz de Olaria, com 188,9 pontos.

Nenhuma escola foi penalizada. Na tarde desta terça-feira (25), a Liga Independente das Escolas de Samba de Nova Friburgo analisou os recursos apresentados pelas escolas. Entre eles, um gerou polêmica.

A Unidos da Saudade questionava a presença de uma mulher trans na ala das baianas. A escola alegou que pelo regulamento é proibido que um homem estivesse na ala.

“A decisão da Liesbenf foi ratificar a permanência dela e não retirar pontos da Alunos do Samba, mesmo o regulamento falando sobre homem, ela não é considerada homem na sociedade e, sim, mulher, com carteira de identidade feminina e possui todos os direitos de uma mulher. Então a Liesbenf confirma a Chica como membro da Alunos do Samba”, disse Alfredo Werly, presidente da liga.

Grupo A

Globo de Ouro recebeu o primeiro lugar no grupo A do carnaval de Nova Friburgo, no RJ — Foto: Cailan Cardoso/arquivo pessoal

Já pelo Grupo A a Escola de Samba Globo de Ouro ficou em primeiro lugar com 149,3 pontos. Este é o 13° título da agremiação. O resultado também foi divulgado nesta quarta-feira (6), no Estádio Eduardo Guinle.

Globo de Ouro foi a campeã no Grupo A do carnaval em Nova Friburgo, no RJ — Foto: Cailan Cardoso/arquivo pessoal

(Leonardo Libânio e Felipe Basílio, G1 — Nova Friburgo)