Juntos, Isabela e Carlos distribuem máscaras em frente à sua loja (Pedro Reis)

Uma modelo e empresária do ramo de confecções em Dracena iniciou uma campanha de divulgação que irá auxiliar a iniciativa que teve em conjunto com seu pai. Juntos eles colocaram em prática um processo de fabricação e distribuição de mascaras de pano para a população da cidade. Isabela Crociolli e seu pai, Carlos, estão tomando a frente desta iniciativa na cidade. “É muito importante para todos. Estamos fazendo de tudo para que isso acabe logo. É um momento de nos reinventarmos, nossa rotina irá mudar, os nossos negócios também”, disse Isabela Crociolli. A modelo divulga diariamente em sua conta no Instagram os resultados da iniciativa. “Já fabricamos cerca de 60 máscaras. Além de serem muito úteis, elas estão muito bonitas também”, disse a publicitaria, que já foi Miss Dracena e hoje conta com mais de 500 mil seguidores em sua página pessoal. Seu pai, Carlos Crociolli conta que por meio de um grupo de amigos empresários em uma rede social surgiu à ideia. “Conversando com amigos
surgiu a possibilidade. Como estamos fechados e contamos com uma estrutura de costura resolvemos ter a iniciativa de fabricar o produto”, disse Crociolli. Para ele, existem alguns fatores determinantes para começar o projeto. “Nós vamos adotar os grupos de riscos. A gente fica aqui na frente da loja e vê muitos idosos passando sem proteção alguma. A gente não vê o vírus e essas pessoas são mais vulneráveis”, disse ele. A distribuição acontece na porta do estabelecimento de Crociolli. “A gente usou uma máscara oficial como modelo. Usamos a nossa equipe de vendas para nos ajudar na confecção e montamos um kit para eles. Este kit conta com uma instrução de uso e higienização”, conta o empresário que teme pelo aumento de casos na cidade. Crociolli disse para a reportagem do Jornal Regional que precisa de doações para continuar o trabalho. “Estamos recebendo doações de tecidos e aceitamos voluntários. Eles serão muito bem vindos para distribuir e conscientizar sobre o uso da mascara. Além disso, costureiras que queiram nos ajudar também serão bem vindas”, afirmou.
Ele acredita que este momento trará muitas lições. “É a hora ideal te termos algumas mudanças na nossa rotina. Pensar na higiene, usar mascaras como no Japão. A gente vai sair dessa pandemia diferente e para que acabe rápido vamos precisar de muita máscara, sabão e trabalho”, concluiu.
Para ajudar Para doar panos ou ser voluntário da campanha basta ir ao estabelecimento comercial que fica na Avenida Presidente Roosevelt, 944. Ou entrar em contato pelo telefone (18)99708-2414