O cabo de madeira usado para matar a mulher (Divulgação)

Até a tarde de ontem, 18, o pescador Elias Henrique Pereira, de 34 anos, que a matou a companheira dele, Franciele Martins da Conceição, 32 anos, com golpes de um cabo (madeira) de machado, no domingo passado à noite, na residência do casal, continuava foragido.

Consta que os dois brigavam com frequência e estavam separados, ela tinha em favor própria medida protetiva, mas apesar de estarem separados se encontravam.

No domingo à noite, a Polícia Militar foi acionada para atender a briga entre Elias e Franciele. Os policiais encontraram a mulher caída e com ferimentos na cabeça. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu e faleceu.

Uma testemunha teria afirmado que Elias Henrique teria sido o autor do crime.

O delegado Alessandro Baroni disse ontem à reportagem do JR que instauro um inquérito para apurar o caso.