Cedida/Polícia Civil

Investigações, a DEIC – Divisão Especializada de Investigações Criminais de Presidente Prudente, em continuação das investigações sobre tráfico de drogas no bairro Brasil Novo após registro de boletim de ocorrência e apreensão de drogas em uma mata há dois meses, a equipe da 2ª Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes – DISE – iniciou trabalho de campo com o objetivo de identificar e qualificar o indivíduo conhecido nos meios criminosos pelo vulgo NENE, C.C.S.Jr, de 22 anos.  Foi apurado que o indivíduo embora tivesse profissão e carteira assinada em tempos de pandemia, em seus períodos de folga se dedicava a venda de entorpecentes.
Durante as investigações, os policiais descobriram que NENE ostentava arma de fogo em seus deslocamentos entre a mata e sua residência, uma espécie de escolta durante o transporte de drogas. As investigações no período revelaram que enquanto a mata era destinada para enterrar maiores quantidades, a distribuição ocorria a partir de sua casa, local em que convive com um filho de apenas três meses de idade.
A partir das técnicas tradicionais de investigação, policiais civis da DEIC perceberam que o homem identificado passou a utilizar também de uma segunda casa, em reforma, na mesma rua, como esconderijo de parte do entorpecente. Ao que se observou, o homem residia em ambas as casas. Durante a observação na data da prisão (30/06/2020), inclusive foi possível observar que NENE portava a arma de fogo na cintura e que após os deslocamentos o homem entra na casa onde reside, guarnecida por dois cães da raça pit bull, esconde a arma e a droga e sai rapidamente sem a arma de fogo na cintura.
Com esses elementos de informação os policiais civis realizaram a abordagem, sendo que em sua residência foram localizadas 09 (nove) porções fracionadas de crack, prontas para venda.
Na outra casa em reforma, esconderijo, foram localizadas dentro de uma fralda porções brutas de crack e cocaína, balança de precisão, facas aparentando ter resquícios de droga e em outra fralda o revólver, calibre .38, que minutos antes portava em sua cintura.
Buscas foram realizadas na mata, sem contudo encontrar o restante da droga.
C.C.S.Jr , ou NENE, como é conhecido no Bairro foi preso em flagrante delito por  tráfico de substância entorpecente e porte ilegal de arma de fogo e permanece a disposição da Justiça.
Essas ações no bairro citado visam desarticular o tráfico e a distribuição de drogas na cidade de Presidente Prudente.