Cedida Policia Civil

Na manha desta quarta-feira (29/07/20),  a Policia Civil, por intermédio da Delegacia de Policia Sede de Presidente Epitacio/SP, deflagrou a operação “COLUBRA” que investiga crime de extorsão  praticado contra uma advogada militante na Comarca a partir de 22/06/20.

A ofendida noticiou estar sendo gravemente ameaçada por desconhecido(s) via ligações telefônicas e mensagens por “whatsapp”, sob a ilegítima alegação de uma divida que teria com uma ex colega de trabalho a titulo de honorários advocatícios, objeto, inclusive, de cobrança judicial no valor de R$ 14.300.000,00. Através de um trabalho técnico complexo, o serviço de inteligência policial da DPM Sede de Pres. Epitácio/SP conseguiu a colheita de elementos indicativos da  autoria delitiva, propiciando a deflagração da operação nesta data com o cumprimento de 04 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Paulista, 02 na cidade de Presidente Epitácio/SP e 02 no município de Bataguassu/MS. Os objetos apreendidos confirmam a imputação da autoria da autoria das extorsões a um homem (44 anos), atualmente residindo na zona rural de Bataguassu/MS com nome falso. Com ele foram apreendidos 07 telefones celulares, 12 chip’s,  01 cartao de memoria,  09 pen drive e  15 documentos/papeis diversos. O autor dos fatos responde processo crime por outro delito de extorsão no Estado do Mato Grosso do Sul, e ainda,   possuía em seu desfavor  04  mandados de prisão expedidos em 02 processos distintos pela Comarca de Presidente Prudente/SP. Depois de formalmente indiciado e interrogado, ele sera encaminhado a cadeia publica de Pres. Venceslau/SP,  a disposição da Justiça. A partir do material apreendido, o serviço de inteligência da Delegacia de Policia Sede de Presidente Epitácio/SP investigara a participação de outras pessoas no caso. 22 policiais civis, dentre eles 04 policiais da Delegacia de Policia do município de Bataguassu/MS,  distribuídos em 09 viaturas, efetivaram a deflagração da operação na manha de hoje (29/07/20).