A queda de um helicóptero nesta segunda-feira (11), Rodoanel, em São Paulo, matou o jornalista Ricardo Boeacht. A aeronave ainda bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele e o piloto morreram carbonizados. Houve uma terceira vítima com ferimentos.

A queda ocorreu no quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco, perto do acesso à Rodovia Anhanguera.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu em cima de um caminhão que trafegava pela via, no sentido interior, próximo à praça do pedágio. O motorista do caminhão foi socorrido pela concessionária.

Os bombeiros informaram que 11 viaturas foram deslocadas para o local para o resgate.

Ainda de acordo com os bombeiros, a aeronave que caiu era do modelo BELL PT HPG.

Foram feitas interdições parciais na pista do Rodoanel, sentido Perus, e na Anhanguera, sentido Jundiaí. A concessionária CCR Rodoanel informou que os motoristas podem acessar a Anhanguera, no sentido São Paulo, e pegar um retorno no quilômetro 18 para seguir para o interior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor envie seu comentário
Por favor digite seu nome