O mercado de trabalho de Dracena criou 126 empregos com carteira assinada somente nos dois primeiros meses de 2019, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão ligado ao Ministério da Economia. O levantamento apontou desempenho positivo do município na geração de empregos formais também no período de 2018.

O Caged considera o número de contratações e o de demissões no período analisado. Caso o número de contratações seja maior do que o de demissões, o saldo é positivo. Caso o número de demissões ultrapasse o de admissões, o saldo é negativo.

No caso de Dracena, o município tinha um saldo acumulado no Caged, referente aos anos de 2013 a 2017, com 806 postos de trabalho perdidos.

Conforme os dados deste ano, em janeiro, foram 273 pessoas demitidas de suas funções, porém 292 novos funcionários foram contratados, gerando um saldo de 19 empregos. Já em fevereiro, apesar das 284 demissões, 391 empregados ganharam um novo emprego, totalizando o saldo de 107.

No ano passado Dracena já havia conquistado uma importante ascensão no ranking do Caged, totalizando um saldo de 828 empregos gerados, saltando da 257ª posição em 2017 – quando teve apenas 15 vagas geradas – para a 58º em 2018, ficando a frente até mesmo de Presidente Prudente na avaliação.

Segundo o secretário municipal de Gabinete, Governo e Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Dracena, Silvio Rodrigues, a expansão urbana, novos setores de saúde e educação, retomada econômica e a implantação de novas empresas no município contribuíram para essa crescente.

“Destaque para o setor de serviços, nas áreas de construção civil, serviços de transporte, de alimentação e serviços técnicos especializados, que têm se destacado nessa evolução e gerado bastante demanda de mão de obra”, destacou Rodrigues.

O secretário ainda declarou que a Prefeitura tem feito diversas ações para que esses números avançassem, como, por exemplo, esforços de desburocratização; criação de lei instituindo programa de incentivo de geração de emprego e renda do município; e investimentos em cursos de qualificação, junto ao Sebrae, Senai e a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico.

“Nossa perspectiva é que este ano seja ainda melhor. Acreditamos que não apenas serviço, mas outros setores importantes, continuarão aquecidos e reinserindo trabalhadores no mercado formal ao longo do ano”, finalizou.

O prefeito Juliano Brito Bertolini complementou que “a instalação de mais uma concessionária de veículos, uma operadora de planos de saúde, além de uma renomada multinacional no setor de comunicação e internet já nos primeiros anos de 2019 indica que teremos um ano excelente, cumprindo um dos nossos principais compromissos, que é a geração de empregos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor envie seu comentário
Por favor digite seu nome