Um estudo inédito da Serasa Experian, em parceria com o IBOPE Inteligência e o Instituto Paulo Montenegro, revela que maior escolarização não significa, necessariamente, mais educação financeira entre os brasileiros de todas as faixas etárias e classes sociais. A análise, que cruzou pela primeira vez os dados do Indicador Nacional de Educação Financeira (INDEF), da Serasa Experian, e do Indicador de Alfabetismo Funcional (INAF), desenvolvido pelo Instituto Paulo Montenegro em conjunto com a Ação Educativa, sinaliza que as diferentes experiências e situações passadas ao longo da vida têm maior impacto na atitude e no comportamento do consumidor ao lidar com as finanças. O estudo está ligado às ações da Serasa Experian na 6ª Semana Nacional de Educação Financeira (ENEF).

A análise por faixa etária dá sinais dessa constatação. No grupo de pessoas com mais idade (entre 55 e 64 anos), o Indicador de Alfabetismo Funcional vai na contramão do nível de educação financeira, veja gráfico abaixo.

Clique aqui e veja os gráficos nas dimensões: Conhecimento, Atitude e Comportamento

“A educação financeira é um tema muito amplo e complexo, por isso cruzamos os dados nacionais do INDEF e do INAF para entendermos como se dá este aprendizado. Na análise, verificamos que as pessoas com maior alfabetismo funcional tendem a entender melhor os conceitos básicos de finanças. Mas o impacto acaba aqui, já que é possível verificar que a atitude e comportamento são influenciados por experiências práticas, acumuladas pela vivência financeira”, relata o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi.

“Com o resultado do cruzamento destes índices podemos desmistificar a ideia de que somente a educação formal pode melhorar a educação financeira no país. É preciso contar com iniciativas que considerem e conjuguem as experiências práticas e as decisões financeiras com a teoria aprendida nos bancos escolares, uma vez que identificamos que passar por essas situações agrega mais às dimensões de Atitude e Comportamento do INDEF do que o simples conhecimento das operações matemáticas”, comenta a coordenadora do INAF, Ana Lucia Lima.

No recorte que analisa a escolaridade, o letramento impacta apenas a dimensão Conhecimento do INDEF. Porém, isso não acontece com as dimensões Atitude e Comportamento que também compõem o índice. Ao levarmos em conta as descobertas trazidas nas análises por idade, é a vivência financeira que mais impacta estas dimensões. Clique aqui e veja os gráficos nas dimensões: Conhecimento, Atitude e Comportamento.

Comportamento financeiro dos brasileiros com maior renda não melhora, mesmo com aumento do letramento

Enquanto os índices de educação financeira e alfabetismo funcional crescem juntos, conforme o aumento da renda, o estudo mostra que o comportamento financeiro dos brasileiros com renda acima de cinco salários mínimos não é melhor do que os dos demais brasileiros. Nesta dimensão, o INDEF se mantém estável a partir de dois salários mínimos e não acompanha a evolução do INAF, o que demostra que, mesmo tendo um maior nível de alfabetismo, isso não necessariamente impacta na educação financeira do indivíduo.

“Essas pessoas, normalmente, têm dinheiro guardado e acesso a melhores linhas de crédito. Portanto, elas têm como evitar ou minimizar os impactos da inadimplência no caso de uma má decisão financeira. Isso demonstra que estas pessoas podem cometer os mesmos erros comportamentais de um brasileiro com baixa renda quando se trata de finanças”, reforça Luiz Rabi.

Clique aqui e veja os gráficos por renda nas dimensões: Conhecimento, Atitude e Comportamento.

Metodologia

O estudo cruzou os dados do Indicador de Educação Financeira (INDEF), da Serasa Experian, e do Indicador de Alfabetismo Funcional (INAF), desenvolvido pelo Instituto Paulo Montenegro em conjunto com a Ação Educativa. O primeiro leva em conta três dimensões: o Conhecimento, mesmo que rudimentar, de informações financeiras. As outras duas dimensões estão ligadas a ações práticas e suas percepções: o Comportamento mede se houve descontrole ou poupança nos últimos 12 meses, e a Atitude mede o julgamento sobre determinadas situações, como compras por impulso. O INDEF é calculado com os seguintes pesos: Conhecimento (25%), Comportamento (50%) e Atitude (25%).

Já o INAF é organizado com base em um teste cognitivo e um questionário contextual. Os itens que compõem o teste de alfabetismo envolvem a leitura e interpretação de textos do cotidiano (bilhetes, notícias, instruções, textos narrativos, gráficos, tabelas, mapas, anúncios etc.). O questionário contextual aborda características sociodemográficas e práticas de leitura, escrita e cálculo que os sujeitos realizam em seu dia a dia.

Serasa Experian na Semana Nacional de Educação Financeira

Há muitos anos, a Serasa Experian levanta a bandeira da educação financeira no país e investe em diversas iniciativas para estimular o consumo consciente. Ainda para marcar o início de um conjunto de ações ligadas ao tema durante a 6ª Semana Nacional de Educação Financeira (ENEF), hoje, dia 14 de maio de 2019, a companhia inaugurou, em parceria com a prefeitura da cidade de São Carlos, no interior de São Paulo, uma praça com uma área de oito mil metros quadrados para proporcionar um ambiente de lazer e esportes para toda população, além de provocar uma reflexão sobre a importância da saúde financeira para o exercício pleno da cidadania. É o primeiro espaço público criado por uma empresa privada na cidade.

Uma das principais atrações do local é a Amarelinha Financeira, inspirada numa antiga brincadeira popular de criança, mas adaptada a estimular, de forma lúdica, o consumo consciente e a educação financeira. A sequência de nove casas traz mensagens que compartilham com as crianças a importância de começar desde cedo a poupar, a evitar desperdícios, a economizar água e energia elétrica, e a pensar duas vezes antes de consumir. Além da Amarelinha Financeira para o público infantil, os 16 bancos distribuídos na praça trazem frases com dicas para os adultos sobre o que priorizar na hora de cuidar da saúde das finanças.

A Serasa Experian também terá outras ações na Semana ENEF. Veja abaixo a agenda nacional para este ano:

•           20 a 24 de maio – Rio de Janeiro (RJ) – população poderá consultar de graça o CPF durante o evento aberto ao público do SICOOB (Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil), realizado de, no Largo da Carioca, das 9h30 às 16h.

•           21 a 25 de maio – Campo Grande (MS) – o Serasa Itinerante, caminhão de 15 metros de comprimento, tem como objetivo proliferar a educação financeira e levar acesso a informações e serviços financeiros, como consulta grátis de CPF, score e renegociação de dívidas. Ele estará estacionado na Praça do Rádio Clube – Av. Afonso Pena – Centro, Campo Grande.

•           21 e 23 de maio Campo Grande (MS) – No auditório do Serasa Itinerante, às 19h, será promovida uma oficina de acolhimento socioeconômico pelo Guilherme Casagrande, vencedor do Emprego dos Sonhos. A oficina é direcionada para professores, mas também estará aberta para toda comunidade e inclui a entrega de um kit de materiais de Educação Financeira.

           21 de maio – Maringá (PR) – Professores de escolas públicas da cidade receberão capacitação de educação financeira para compartilharem com seus alunos. Ao todo serão duas turmas, uma delas aberta para os professores da região. A capacitação aberta ocorrerá no Núcleo Regional de Educação de Maringá – Avenida Carneiro Leão, 93 – Centro, das 8h às 11h40.  A ação do Serasa Itinerante, desta vez em parceria com a Associação de Educação Financeira do Brasil (AEF-Brasil).

Serasa Ensina

A Serasa Experian vai promover outras atividades relacionadas ao tema, como palestras de educação financeira para jovens universitários, mentoria para microempreendedores, entre outras. Além disso, a companhia disponibiliza o canal Serasa Ensina, que oferece diferentes conteúdos relacionados à educação financeira, com dicas e orientações para o brasileiro sair das dívidas, conseguir crédito seguro, aumentar o score, proteger o CPF, entre muitos outros. A página também está disponível no Youtube.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor envie seu comentário
Por favor digite seu nome