O casal Marcelo de Souza e Patrícia da equipe ABD/Bike Center de Dracena esteve nos dias 5, 6 e 7 deste mês, competindo entre 1.200 atletas do mundo na 7ª etapa do Atacama Challenger, no Chile.

Em meio à natureza pitoresca com os gêiser (nascente termal), deserto do sal, montanhas, paisagens atraentes e arqueologia, Marcelo e Patrícia pedalaram 180 km no total da etapa, sendo 33 km, no dia 5 de abril, saindo de 2,5 mil metros de altitude e chegando a 4 mil passando pelo Vulcão Licancabur.

No dia seguinte, disputaram a prova de 70 km passando pelo Vale da Morte e a Garganta do Diabo. No último dia, a prova foi de 70 km enfrentando 3.800 metros de altitude passando pelo Vale da Lua, na Garganta do Diabo, e túnel do Vale da Morte e Salar do Atacama.

Marcelo disse ao Jornal Regional que essa competição é a única internacional de ciclismo no Atacama em que os atletas correm largando e chegando juntos. Ele também explicou que é uma das provas mais difíceis mundialmente por ser no deserto do Atacama.

Marcelo e Patrícia ficam em 4º lugar na categoria dupla e em 438º no geral entre os 1.200 participantes. (Marcos Maia especial para o Portal e Jornal Regional).

A competição reuniu 1.200 atletas (Acervo pessoal)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor envie seu comentário
Por favor digite seu nome