Equipes da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) estarão, neste sábado (8/12), atendendo 100 famílias dos Conjuntos Habitacionais Lucélia B1, C1, C2, D, E, F1, F2, F3 e F4. Elas serão atendidas para que saiam da condição de inadimplência. A ação acontece das 09h às 15h na Escola EMES Professor Carlos Bueno, na Rua Botucatu, nº 351 – Vila Rancharia.

A CDHU oferece propostas que se aproximam das diferentes realidades financeiras desses moradores:

·        O pagamento poderá ser feito à vista. Sem considerar juros e mora por atraso.

·        Para famílias que têm entre 3 e 20 parcelas em atraso e irão fazer o acordo pela primeira vez – entrada de 1 prestação e o restante do débito parcelado até o final do contrato, respeitando a parcela mínima do acordo de R$ 47,70 mensais (5% do salário mínimo estadual).

·        Para famílias que têm entre 3 e 20 parcelas em atraso e irão fazer um novo acordo – entrada de 3 prestação e o restante do débito parcelado até o final do contrato, respeitando a parcela mínima do acordo de R$ 47,70 mensais (5% do salário mínimo estadual).

·        Para famílias que têm mais de 20 parcelas em atraso – entrada mínima de 5% do valor total e o restante do débito parcelado até o final do contrato, respeitando a parcela mínima do acordo de R$ 47,70 mensais (5% do salário mínimo estadual).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor envie seu comentário
Por favor digite seu nome