Na operação “FORTALEZA” apurou-se a participação na mesma organização criminosa, com ligação a facção criminosa “PCC”,  do  casal THIAGO FERNANDES DA SILVA SOUZA, vulgo “THIAGÃO”, e CLEONICE FRANCISCA DA SILVA, responsáveis pelo  domínio do trafico de drogas  da  Vila Esperança e Novo Lar, em Pres. Epitácio/SP, onde inclusive, firmaram residência num exuberante sobrado, contando  com área de lazer e piscina,  destacando-se, ainda, em relação as demais moradias daqueles bairros periféricos, pelo padrão considerável da construção e mobiliários que o guarnecem, com indícios de ter sido construído com dinheiro proveniente do crime.

Referido casal ainda ostentava um padrão de vida totalmente incompatível com a ausência de comprovação de renda lícita, sem contar, ainda, a propriedade de veículos automotores, sobre os quais também recaem indícios de constituírem proveito do crime  (motos).

Apurou-se, também, que o casal tentou dissimular a real propriedade daquele sobrado, com avaliação comercial sugerida em torno de mais de R$ 400.000,00, justamente, visando esconder a sua origem criminosa, o que caracteriza o crime de lavagem de dinheiro.

Atendendo a representação da Delegacia de Policia Sede, ratificada pelo  Ministério Publico, a Justiça local decretou a prisão temporária do casal, a expedição de mandado de busca domiciliar, e ainda, o sequestro  do referido imóvel residencial e de duas motocicletas a eles pertencentes, cujos mandados foram devidamente cumpridos na manhã de hoje.

Durante a vistoria no imóvel apreendeu-se, ainda,  joias (somente um bracelete de ouro com NF no valor superior a R$ 2.000,00), valores em dinheiro em notas diversas ocultados dentro de calçados, celulares e documentos diversos que corroboram os elementos colhidos, notadamente, quanto ao delito de lavagem e dinheiro.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor envie seu comentário
Por favor digite seu nome