A Pastoral da Comunicação (Pascom), na cidade de Tupi Paulista, informou uma boa ação voltada à comunidade de maneira geral. Na praça da igreja Matriz Nossa Senhora da Glória há um coreto que há alguns anos tinha sido fechado com grades, com o objetivo de impedir que andarilhos dormissem no local.

Também a porta principal da igreja Matriz era mantida sempre fechada, só abrindo antes dos atos litúrgicos e sendo fechada logo em seguida.

O padre Valdemar, pároco na cidade após uma reflexão junto com os membros do grupo ‘Fé e Política’ acolheu a ideia de ser retirada a grade do coreto. Agora, não só os andarilhos, como todos que queiram podem usufruir do local, inclusive para realização de eventos religiosos e culturais.

Segundo a Pascom é mais uma vitória do grupo ‘Fé e Política’ que acredita que as reflexões propostas pela igreja e a nós oferecidas têm como finalidade levar as pessoas às ações transformadoras.

O objetivo do grupo é assumir o papel de cristãos e cidadãos diante da realidade que nos cerca, em favor de uma sociedade mais justa e fraterna.

A Pascom informou que a decisão partiu do ensinamento do papa Francisco que pede que a igreja saia em missão, contudo surgiu o questionamento: Como sair, se não se pode entra? Com isso, foi decidido conversar com o pároco padre Valdemar sobre essa questão.

“Para nossa alegria, ele prontamente autorizou para que a porta central da igreja fosse aberta e assim foi feito. Os comentários positivos não demoraram a aparecer. Frutos das reflexões da Campanha da Fraternidade. Em referência ao coreto, pedimos ao padre Valdemar se havia possibilidade de retirar a grade que o mantinha fechado, sendo ela vista como forma de excluir o Cristo, na pessoa dos andarilhos”, pontou a Pascom.

O grupo ‘Fé e Política’ agradece ao padre Valdemar pelo acolhimento que ele nos proporcionou, em benefícios de todos, principalmente dos excluídos e marginalizados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor envie seu comentário
Por favor digite seu nome